NOVO ENDEREÇO :http://pinguimleopardo.blogspot.com/


Une Rose pour Ane

Quando chegastes trazendo teus 18 anos de amor

Aquela praça se encheu de graça e o banquinho verde

Esquecido no canto do largo se alegrou

Quando chegastes trazendo o fim da tarde de sábado

Aquela praça  te recebeu com esplendor

E todas as flores do seu jardim abriram suas pétalas

Pois estava escrito ali que brotaria um grande amor

Atravessastes  a cidade inteira para  me encontrar

E eu atravessei a vida para recebê-la

Hoje passados cinco janeiros nunca imaginei

Que chegaria a esse abril e tê-la ao meu lado

Foi o maior presente que a vida me deu.

 

 

LUCIO MADEIRO    para  27 de abril de 2009



Escrito por Colaboradores do Blog às 08h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A MORTE

Expectativa de vida
Momento num café
quando o enterro passou
Os homens que se achavam no café
Tiraram o chapéu maquinalmente
Saudavam o morto distraídos
Estavam todos voltados para a vida
Absortos na vida
Confiantes da vida.
Um no entanto descobriu num gesto largo e demorado
Olhando o esquife longamente
Este sabia que a vida é uma agitação feroz e sem finalidade
Que a vida é traição
E saudava a matéria que passava
Liberta para sempre da alma extinta.



Manuel Bandeira.



Escrito por Colaboradores do Blog às 07h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Para entender melhor A Flauta Mágica

Fabricio Carvalho

 

            A Flauta Mágica é uma ópera que fala do amor. Sua mensagem é ao mesmo tempo simples e profunda. Um casal que se ama só atinge o estado ideal de comunhão de almas quando os dois trabalham juntos na superação de inúmeras dificuldades que a vida lhes coloca, fortalecidos pela virtude e pela confiança. Sob esse aspecto, é uma fábula sobre o amor espiritual, puro e sereno, cuja moral foi tão bem-aceita e assimilada em sua estréia (1791) quanto o é hoje. Existe, porém, outro aspecto que, embora facilmente percebido pelo público vienense da ocasião, hoje nos escaparia totalmente se uma série de estudiosos não tivesse, ao longo do tempo, analisado a ópera em detalhes e publicado suas observações.

            A Flauta Mágica é repleta de símbolos e alegorias relativos à maçonaria, da qual faziam parte tanto Emmanuel Schikaneder, autor do texto da ópera, quanto seu compositor, Mozart, que viria a falecer apenas dois meses depois da estréia, e que havia encontrado grande conforto espiritual no seio daquela fraternidade, em seus últimos anos.

            O número três, muito importante tanto na filosofia quanto nos ritos maçônicos, é citado com freqüência no texto e na música. São três as damas que salvam Tamino do dragão, e três são os meninos que o conduzem às três portas dos três templos, o da Razão, o da Sabedoria e o da Natureza. A nona cena do primeiro ato tem como personagens três escravos de Monostatos. No início do segundo ato, Sarastro responde a três sacerdotes sobre a iminente prova de Tamino, enumerando três atributos do jovem: Virtude (Tugend), Discrição (Verschwie-genheit) e Caridade (Wohltätig). O diálogo seguinte, entre Sarastro e o Orador do Templo, é interrompido por três toques de trompa, cada um deles constituído de três acordes iguais. Esses três acordes, que já haviam sido ouvidos no início da abertura da ópera, representam as três batidas rituais com as quais o aspirante a maçom pede para ser admitido na Loja. Sua tonalidade é mi bemol maior, que se indica na partitura grafando-se três bemóis ao lado da clave. Essa simbólica tonalidade aparecerá em muitos outros trechos da ópera. Ainda quando Tamino e Papageno são levados ao templo para aguardar as provas, a percussão executa uma série de três trovões, que se misturam às vozes.

            Também o número dezoito, múltiplo de três, que, dentro da hierarquia maçom, equivale a um dos importantes Graus Capitulares, o de Soberano Príncipe Rosa-Cruz, aparecerá várias vezes. Sarastro faz sua primeira aparição na ópera durante a 18ª cena do primeiro ato. O libreto original observa que o cenário do início do segundo ato deve apresentar dezoito cadeiras, onde se sentarão dezoito sacerdotes. O hino O Isis und Osiris, welche Wonne (Oh Isis e Osíris, que alegria), entoado mais adiante pelos sacerdotes, tem dezoito compassos e abre a 18a cena do segundo ato. E Papagena, que aparece inicialmente como uma mulher muito velha, arranca risadas da platéia quando diz a Papageno ter apenas dezoito anos. O Grau Rosa-Cruz é citado indiretamente quando os três meninos, ao trazer de volta a flauta mágica e o carrilhão, entram em cena, segundo o libreto, numa plataforma voadora coberta de rosas. O lema daquele grau hierárquico, Virtude e Silêncio, enumera as qualidades exigidas de Tamino antes do início das provas.

           



Escrito por Colaboradores do Blog às 07h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A menina que subia os morros

Lá para além das praias do oeste  

onde as  dunas se movem pro sul

As algas se enfeitam de seixos na ribanceira  do rio

Que os nativos conhecem por Mundaú.

Quando ela sobe  o morro para ver o sol cair no horizonte

Os búzios se movem ligeiro só pra vê-la sorrir.

E quando o céu escurece salpicado de estrelas ela desce

Deixando na areia molhada as marcas do seu caminhar

A noite ouvindo o som das ondas e os cânticos das sereias

Ela se esquece e adormece o corpo sobre o meu

E quando o sono pesa na rede ela se despe impunemente

Deixando suas coxas  abertas ao vento ateu.

Lá para além das praias

Onde as  dunas se movem

As algas se enfeitam de seixos 

E sonham os sonhos dela

 

 

ANDRÉ SPOLETI    em 24 de abril de 2009 



Escrito por Colaboradores do Blog às 12h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Herculano Sabino fala sobre o amigo Luiz César

Ele  nasceu em Fortaleza em 1951.  Órfão de mãe aos 3 anos de idade foi instruído pela  avó paterna nos rígidos princípios da religião cristã. Cursou Engenharia e Medicina na UFC , foi professor de Biologia durante 10 anos.  Estudou  violão e estuda piano . Nos anos 70 esteve por  força do destino fora do Brasil por quase 3 anos . Tem  3 filhos e 1 netinha. Considera-se um medíocre pensador  por ser muito emotivo , sua índole é romântica , penso que seja um poeta  natural ,  pois é fascinado por tudo que resplandece vida. Costuma  ser muito rígido consigo mesmo e acredito que seja  um feroz crítico da fraqueza humana . Sempre foi  um defensor da beleza  , seu espírito é irrequieto e muitas vezes luta contra si mesmo. Apesar de cultuar o belo da vida , para Luiz César a vida é dor e sofrimento que só cessam com a morte , por isso a morte para ele é o prazer supremo posto que  aniquila as individualidades. Toda sua reflexão vem da sua  arte , apolínea  ou dionisíaca , dos sonhos  e da sua própria embriaguez  nas palavras e no som da sua musica eterna. Talvez seja o ultimo homem romantico que conheci e confesso que nunca vi ninguém mais apaixonado do que ele. Poucos dos seus amigos conseguem compreende-lo pois sua realidade e sua ficção se confundem de quando em vez. E isso às vezes incomoda os menos cultos.



Escrito por Colaboradores do Blog às 10h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




ELA ESTARIA VOLTANDO ?

Existe no ar um movimento silencioso de algumas pessoas amigas , no sentido de resgatar através do clube do uísque a famosa NOVA PADARIA ESPIRITUAL  criada em setembro de 2000 por Brilhante , Marco Antonio , Ana Paula e Luiz Cesar . Amanhã no Florida bar seria sua primeira fornada ?



Escrito por Colaboradores do Blog às 06h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mais de 21 mil acessos

Pinguim leopardo ( o blog que ficou no lugar do blog do Luiz Cesar ) completa 15 dias no ar e já está segundo o contador da Uol com 21. 377 acessos neste momento . O nome deste blog é uma homenagem à cidade paulista de Ribeirão Preto cujo ícone é um pinguim e ao coelho leopardo , um contador de histórias onde a ficção se confunde algumas vezes com a realidade.

Nós que fazemos este blog agradecemos sua visita.



Escrito por Colaboradores do Blog às 06h03
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Hoje é sexta-feira

Como combinamos durante a semana estamos voltando às atividades etílico-culturais de forma moderada mas voltando e isso é o que interessa. Teremos uma agenda cheia .Hoje já estaremos na Clinica São Paulo e no Sesi trabalhando durante o dia . No começo da noite estaremos no Delicias . Amanhã às 11 horas é a vez do Florida bar para o lançamento do livro do amigo de Marquinhos , já está tudo articulado. E domingo à noite vamos todos ao Theatro assistir A flauta mágica de Mozart com a regencia do maestro soberando Gladson Carvalho que acaba de voltar da Europa . Hoje completamos 8 dias de operado e tudo está tanscorrendo dentro do planejado. Segunda Albano vai rever os exames hormonais e receberemos o resultado final do histopatologico do laboratorio Phatus. Continuamos confiantes num resultado favorável e vamos em frente pois a vida continua .



Escrito por Colaboradores do Blog às 05h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




OS PRIMOS DOS CAMELOS

Pegamos o Doubledeck no começo da noite e partimos para os lados dos Potengis. era a primeira vez que ela cruzava a fronteira dos siriás e toda a viagem parecia -lhe um deslumbramento. Quando os primeiros raios do sol pontiguar singrou o horizonte ela viu da janela panoramica a cidade de Natal aos seus pés . Ela gravou em seu coração aquele momento , seus olhos diziam isso. Ficamos na praia dos artistas e ela ali descobria que o mundo não era tão pequeno assim . A sopa de polvo, os camelos e os arrastos das dunas de Genipabu completavam aquela lua que boiava na noite do Rio grande. Era hora de pegarmos o avião de volta e como toda primeira vez seu coração disparou quando a aeronave decolou............

 

Moacir Jurema



Escrito por Colaboradores do Blog às 18h40
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




RECADOS DO PINGUIM

Serginho contamos com sua presença nos tres points.  Marco não deixe de ir ao Florida dá o toque pro Sá filho. João vai mais cedo pro Delicias estarei lá as seis e meia. Marco olha a turma da Camed . Brilhante queremos vc materialmente , só espiritual não vale. Ayala assim que chegar em Fortaleza vai pro delicias estamos lhe esperando . Pita chega junto sexta com a gente .



Escrito por Colaboradores do Blog às 14h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Luiz Cesar fala no Pinguim leopardo

Olá gente ! Estamos hoje com 7 dias de operado. Amanhã volto às minhas atividades moderadamente . Segundo meu médico Albano Fereira  a cirurgia foi uma beleza e o pós -operatorio eu digo a mesma coisa. Estou bem disposto apenas um pouco rouco e ainda não consigo as notas agudas o que me impede de cantarolar mesmo baixinho alguma musica , isso aí é chato mas fazer o que? Ainda estamos vendo qual será a dose ideal de levotiroxina sodica para mim. Para melhorar a voz  segunda começo na fonoaudiologa. Como voces sabem pois o Pinguim divulgou , o congelamento deu negativo , agora é torcer para a parafina negativar também. Segunda -feira o Phatus fornece o laudo histopatologico. Como a cirurgia foi radical se a parafina positivar farei I131 se negativar só uísque para comemorar. Gostaria mais uma vez agradecer aos amigos   pela  força e solidariedade em todos os momentos , aliás eu sabia que tinha muitos amigos de verdade em todas as horas.



Escrito por Colaboradores do Blog às 12h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Voltaremos lá

Inúmeras vezes subi a montanha do pássaro vermelho ao lado dela. Quando lá fui pela primeira vez nem 20 anos ela tinha. Aquele pedaço de mata verde esmeralda sempre me fascinou  em encantamentos que me inspiraram muitos poemas de amor. Os lagos, as cachoeiras, os pássaros coloridos sempre festejaram também nossa chegada e a primavera se cobria de flores para nos receber no solar dos Uchoa. Ela festejava também sua juventude e brindava comigo em taças de vinho tinto, algodão doce , chocolate quente , crepes e o frio da noite belíssima que iríamos passar ao pé do lado azul na encosta da brumada. Certamente iríamos passar em branco no ofegante respirar dos amantes, pois o desejo incontido do amor era tanto que não conseguíamos parar e sempre vimos o sol chegar bem encabulado na réstia que a janela gelada se deixava passar. Em breve voltaremos lá.

 

 

Lucio Madeiro



Escrito por Colaboradores do Blog às 11h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O CAIR DA TARDE EM AGUAS BELAS

 

a tarde já se deixava esfriar pela noite que vinha do leste

A  areia fria das águas belas nos recebiam em cobertor natural

Alguns pescadores jogavam suas redes no rio um pouco distante de nós

E as conchas com seus búzios nos espiavam também cheias de amor

Seu corpo moreno despido se enroscava ao meu

Num feroz e ardente bailado dos que se querem provar

O mar tocava com sua espuma nossos pés

E as estrelas tomavam lugar para também nos espiar

Suas coxas robustas faziam marcas na ribeirinha

E seu colo molhado de brisa se confundia  em minhas pernas

A tarde já se deixava esfriar pela noite que vinha

A  areia fria das águas belas nos recebiam em cobertor

Lá no horizonte  tropical as sereias do lugar sentiam inveja de nós

E todas iam reclamar a Netuno lá nas profundezas do mar

A tarde já se deixava esfriar pela noite que vinha

A  areia fria das águas belas nos recebiam em cobertor

ANDRÉ SPOLETI



Escrito por Colaboradores do Blog às 09h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Final de semana movimentado para o Clube do Uisque

Sexta às 7 da noite estaremos no Delicia , Ayala vem do aeroporto direto nos conhecer , sábado às 11 horas no Florida para o lançamento do livro Os direitos sociais do moribumdo e no domingo às 19 horas no Theatro José de Alencar para assistir um belíssimo concerto A Flauta Mágica de Mozart e de quebra o lançamento de outro livro :Mozart e a Maçonaria.



Escrito por Colaboradores do Blog às 08h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




As pedras e as esculturas

Esta semana publicamos a fotografia de uma escultura de Hipócrates, o pai da medicina, que ganhei de presente de um amigo que me trouxe da Grecia. Recebi 4 e-mails de colecionadores suponho que desejavam conhecer as outras esculturas e minha coleção de pedras  autenticadas pelo Instituto Geominero da Espanha . Não dá para postar no Blog a foto de todas pois venho fazendo coleção de esculturas e pedras desde 1995. Aqui está uma seleção de cinco delas , as que me parecem mais bonitas e um lote da minha coleção de pedras . Da esquerda para a direita temos o lote de pedras contendo safiras, escorlita, lazúli, diamante, quartzo, dumortierita, ametista,esmeralda, corindon, rubi e pirita. Ao lado vem a escultura de uma esfinge do Egito, a escultura do deus horus, a pensadora , a mulher da feira e o anjo pornografico. Em outra oportunidade postareis mais. Obrigado por visitar o Pinguim leopardo.



Escrito por Colaboradores do Blog às 08h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Voltamos a postar normalmente

Ontem à tarde houve uma pequena disconfiguração do meu computador , tudo indica que devido a um virus . O Paulo que trabalha na LG identificou o problema à tarde e me devolveu o notebook à noite , tivemos que instalar o Office novamente.



Escrito por Colaboradores do Blog às 05h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CORPO 0897

Genésio era homem sem posses. Trabalhador assíduo e pontual como auxiliar de pedreiro. Num sábado santificado pelas virgens de Maria ,  caiu do vigésimo andar de um luxuoso edifício que está sendo erguido com a força da grana em plena beira-mar. Genésio era solteiro e não tinha parentes na capital. Seu corpo espatifou-se no asfalto quente do meio-dia atrapalhando o transito burguês com  seus carros importados e bikes de fibra alemã. Seu corpo partido ao meio deixava mostrar seu intestino aberto cheio de feijão preto e da sua cabeça os miolos se espalhavam pelo meio fio emaranhados pela lama do encostamento. Um cidadão de primeira grandeza reclamava da demora do camburão, pois aquele morto estava lavando de sangue pobre sua calçada de granito grenard. As pessoas chegavam perto não por compaixão ou respeito ao morto mas porque o horror chama atenção e desperta curiosidades da menina de fio dental que parecia nauseabunda  ao ver o dito cujo. Em fim o camburão chegou e rebolaram o que restava de Genésio numa lata imunda e partiram para o IML . Genésio era mais um morto , precisamente o corpo 0897.

 

HERCULANO SABINO



Escrito por Colaboradores do Blog às 13h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




AYLALA GURGEL SÁBADO NO FLORIDA BAR

                                                                                   

                                                      

AYALA GURGEL nasceu em Alexandria no Rio Grande do Norte. É Bacharel em Filosofia (1997), Mestre em Filosofia (2001), ambos pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), e Doutor em Políticas Públicas (2008) pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Atualmente é professor da UFMA e desenvolve pesquisas na área de políticas públicas voltadas para a morte-morrer. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Ética e Bioética, atuando principalmente nos seguintes temas: Ética, Bioética e Tanatologia. É membro da Sociedade Nacional de Tanatologia (SONATA), da Academia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP) e da Liga Acadêmica de Tanatologia (THANATOS). Autor de artigos na área, dentre os quais se destacam seus trabalhos sobre a impossibilidade de uma moral privada, a mercantilização da morte-morrer e a relação dialética entre as formas-de-Estado e as formas-de-Morte. Autor do livro Direitos Sociais dos Moribundos: controle social e expropriação da morte na sociedade capitalista.O livro, prefaciado pela Dra Maria Júlia Kovács, com orelhas de Erasmo Ruiz, aborda as políticas públicas voltadas para a morte. Ele é um manifesto a favor da humanização da assistência aos moribundos, especialmente por meio da análise dialética dos direitos que lhe são, ao mesmo tempo, concedidos e negligenciados (uma vez que a morte - e tudo o que lhe está associado - tem sido escamoteada do nosso cotidiano



Escrito por Colaboradores do Blog às 05h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Convidados especiais do Prof Ayala da UFMA

Brilhante , Roberta, Luiz César, Rosiane, Prof. João Sá , Ângela, Magela, Serginho Maravilha, Tomás Lindo, Maestro soberano Gladson, Gabriel e Laura, o pessoal da Camed - Solon, Callado e Sérgio Brito e a turma do Departamento de Filosofia da UFC, capitaneado pelo prof. José Maria Arruda. Sábado agora às 11 horas no Florida bar .

Atenção Serginho Maravilha: Você é nosso maior contato com intelectuais que frequentam o Florida contamos com você para o sucesso do lançamento do livro Direito Sociais dos Moribundos.



Escrito por Colaboradores do Blog às 05h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Confirmado lançamento do livro de Ayala no Florida bar

Atenção amigos do Blog , uma programação imperdível para este final de semana : sexta à noite no Delicia a volta de LC. Sábado no Florida bar às 11 horas da manhã lançamento do livro DIREITOS SOCIAIS DOS MORIBUNDOS do Prof. Ayala , doutor em Filosofia .da UFM. No domingo a noite iremos todos ao Theatro assistir a FLAUTA MÁGICA  de Mozart e outro lançamento de livro, Mozart e a Maçonaria .



Escrito por Colaboradores do Blog às 05h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Quero, um dia, poder dizer às pessoas ...

Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão... que nada acontece  em vão, que o amor ainda existe na sua forma mais pura , mais lúdica, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas de bem , que a vida é bela e única sim, e que eu sempre dei o melhor de mim... mesmo quando o meu melhor não foi o suficiente ............e se um dia você se sentir só , desiludido , traído, abandonado, continue acreditando na vida e nas pessoas de bem , na vida tudo passa , pois o  tempo é quando, eu não queria aceitar mas ninguém é realmente de ninguém , mas somos e temos que acreditar sim nessa linha do mundo , do nosso mundo imperfeito,  para entender a poesia cristalina que Luis nos deixou cravada há 500 anos , escrita para além do bojador nos corações dos amantes que não perderam a capacidade de se encantar com a beleza e a simplicidade do mais primitivo amor em prelúdios de perdão...............

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade
É servir a quem vence o vencedor,
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade;
Se tão contrário a si é o mesmo amor?

Luís de Camões



Escrito por Colaboradores do Blog às 19h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Caros amigos

Nesta sexta dia 24 pela manhã o Dr. Albano Ferreira me informou que vai me dar alta para atividades moderadas , à tarde já volto a trabalhar no Sesi fazendo  exames de ultrasom, portanto à noite vou passar pelo Delícias às 19 horas para tomar uma deliciosa água de coco e um manjar do céu. Uma semana de molho é de lascar , a gente sente falta dos papos impagáveis portanto aos amigos que puderem dá um pulinho lá seria legal , sei que alguns estão de plantão , outros consultando o além , muitos têm compromissos mais importantes mas aguardo lá os que tiverem disponibilidade para ir ter comigo. A propósito devo ir ao Theatro no domingo à noite prestigiar a volta do amigo Gladson e assistir ( 19 horas ) a Flauta mágica de Mozart e o lançamento do livro Mozart e a Maçonaria, diga-se de passaqgem um programa imperdível.



Escrito por Colaboradores do Blog às 11h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Joaquim josé da Silva Xavier

TIRADENTES ( Joaquim José da Silva Xavier) (1746-1792), é considerado o grande mártir da independência do nosso país. Nasceu na Fazenda do Pombal, entre São José ( hoje Tiradentes) e São João del Rei, Minas Gerais. Seu pai era um pequeno fazendeiro. Tiradentes não fez estudos das primeiras letras de modo regular. Ficou órfão aos 11 anos; foi mascate, pesquisou minerais, foi médico prático. Tornou-se também conhecido, na sua época, na então capitania, por sua habilidade com que arrancava e colocava novos dentes feitos por ele mesmo, com grande arte. Sobre sua vida militar, sabe-se que pertenceu ao Regimento de Dragões de Minas Gerais. Ficou no posto de alferes, comandando uma patrulha de ronda do mato, prendendo ladrões e assassinos.

Em 1789 o Brasil-Colônia começava a apresentar algum progresso material. A população crescia, os meios de comunicação eram mais fáceis a exportação de mercadorias para a metrópole aumentava cada vez mais. Os colonos iam tendo um sentimento de autonomia cada vez maior, achando que já era tempo de o nosso país fazer a sua independência do domínio português.

Houve então em Vila Rica, atual cidade de Ouro Preto, no Estado de Minas Gerais, uma conspiração com o fim de libertar o Brasil do jugo português e proclamar a República. Uma das causas mais importantes do movimento de Vila Rica foi a independência dos Estados Unidos, que se libertara do domínio da Inglaterra em 1776, e também o entusiasmo dos filhos brasileiros que estudaram na Europa, de lá voltando com idéias de liberdade.

Ainda nessa ocasião não era boa a situação econômica da Capitania de Minas, pois as Minas já não produziam muito ouro e a cobrança dos impostos ( feita por Portugal) era cada vez mais alta.

O governador de Minas Gerais, Visconde de Barbacena, resolveu lançar a derrama, nome que se dava à cobrança dos impostos. Por isso, os conspiradores combinaram que a revolução deveria irromper no dia em que fossem cobrados esses impostos. Desse modo, o descontentamento do povo, provocado pela derrama, tornaria vitorioso o movimento.

A conjuração começou a ser preparada. Militares, escritores de renome, poetas famosos, magistrados e sacerdotes tomaram parte nos planos de rebelião. Os conspiradores pretendiam proclamar uma república, com a abolição imediata da escravatura, procedendo à construção de uma universidade, ao desenvolvimento da educação para o povo, além de outras reformas sociais de interesse para a coletividade.

Uma das primeiras figuras da Inconfidência foi Tiradentes. O movimento revolucionário ficou apenas em teoria, pois não chegou a se realizar. Em março de 1789, o coronel Joaquim Silvério dos Reis, que se fingia amigo e companheiro, traiu-os, denunciando o movimento ao governador.

Tiradentes achava-se , nessa ocasião no Rio de Janeiro. Percebendo que estava sendo vigiado, procurou esconder-se numa casa da rua dos Latoeiros, atualmente Gonçalves Dias, sendo ali preso. O processo durou 3 anos, sendo afinal lida a sentença dos prisioneiros conjurados. No dia seguinte uma nova sentença modificava a anterior, mantendo a pena de morte somente para Tiradentes.

Tiradentes foi enforcado a 21 de abril de 1792, no Largo da Lampadosa, Rio de Janeiro. Seu corpo foi esquartejado, sua cabeça foi erguida em um poste em Vila Rica, arrasaram a casa em que morava e declararam infames os seus descendentes.



Escrito por Colaboradores do Blog às 06h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cientistas alemães e americanos fazem a primeira análise do DNA de um homem de Neandertal e concluem que, provavelmente, não foram nossos antepassados.

Em l856, no vale do Rio Neander, na Alemanha, foi descoberto o fóssil de um indivíduo que viveu nessa região há 70 mil anos. Depois dele, vários fósseis do mesmo tipo foram encontrados em outros lugares da Europa. Bastante semelhantes ao ser humano moderno, foram batizados de Homens de Neandertal. Classicamente, o Homem de Neandertal foi considerado da mesma espécie que a nossa, porém de uma variedade diferente. Enquanto somos chamados de Homo sapiens sapiens, eles ganharam o nome de Homo sapiens neandertalensis.



Escrito por Colaboradores do Blog às 19h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Alan você é 1000

Meu colega e amigo de muitos anos Dr. Alan Prado me trouxe de França a coleção  completa de Henri Salvador e da Grecia uma escultura lindíssima em marmore do busto de Hipócrates. Alan você desta vez me deixou sem palavras , cara você é nota 1000 , ALIÁS  essa não é a primeira vez que Alan faz surpresas desse tamanho com amigos.



Escrito por Colaboradores do Blog às 18h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Leila Perrone Moisés fala sobre o livro Leite Derramado

Um homem muito velho está num leito de hospital. Membro de uma tradicional família brasileira, ele desfia, num monólogo dirigido à filha, às enfermeiras e a quem quiser ouvir, a história de sua linhagem desde os ancestrais portugueses, passando por um barão do Império, um senador da Primeira República, até o tataraneto, garotão do Rio de Janeiro atual. Uma saga familiar caracterizada pela decadência social e econômica, tendo como pano de fundo a história do Brasil dos últimos dois séculos. A visão que o autor nos oferece da sociedade brasileira é extremamente pessimista: compadrios, preconceitos de classe e de raça, machismo, oportunismo, corrupção, destruição da natureza, delinquência.
A saga familiar marcada pela decadência é um gênero consagrado no romance ocidental moderno. A primeira originalidade deste livro, com relação ao gênero, é sua brevidade. As sagas familiares são geralmente espraiadas em vários volumes; aqui, ela se concentra em 200 páginas. Outra originalidade é sua estrutura narrativa. A ordem lógica e cronológica habitual do gênero é embaralhada, por se tratar de uma memória desfalecente, repetitiva mas contraditória, obsessiva mas esburacada.
O texto é construído de maneira primorosa, no plano narrativo como no plano do estilo. A fala desarticulada do ancião, ao mesmo tempo que preenche uma função de verossimilhança, cria dúvidas e suspenses que prendem o leitor. O discurso da personagem parece espontâneo, mas o escritor domina com mão firme as associações livres, as falsidades e os não-ditos, de modo que o leitor pode ler nas entrelinhas, partilhando a ironia do autor, verdades que a personagem não consegue enfrentar.
Em suas leves variantes, as lembranças obsessivas revelam sutilezas ideológicas e psíquicas. E, como essas lembranças têm forte componente plástico, criam imagens fascinantes. É o caso do “vestido azul” comprado pelo pai para a amante, objeto de alta concentração significante. Esse objeto se expande, no nível da narrativa, como índice de elucidação da intriga, no nível fantasmático, como obsessão repetitiva do filho, e no nível sociológico, como ilustração dos usos e costumes de uma classe. Tudo, neste texto, é conciso e preciso. Como num quebra-cabeça bem concebido, nenhum elemento é supérfluo.
Há também um jogo com os espaços onde ocorrem os acontecimentos narrados. As várias casas em que o narrador morou, como as décadas acumuladas em suas lembranças, se sobrepõem e se revezam. Recolocá-las em ordem cronológica é assistir a uma derrocada pessoal e coletiva: o chalé de Copacabana, “longínquo areal” dos anos 20, é substituído por um apartamento num edifício construído atrás de seu terreno; esse apartamento é trocado por outro, menor, na Tijuca; o palacete familiar de Botafogo, vendido, torna-se estacionamento de embaixada; a fazenda da infância, na “raiz da serra”, transforma-se em favela, com um barulhento templo evangélico no local da velha igreja outrora consagrada pelo bispo. Embaixo da última morada do narrador, nesse “endereço de gente desclassificada”, está o antigo cemitério onde jaz seu avô.
Percorre todo o texto, como um baixo contínuo, a paixão mal vivida e mal compreendida do narrador por uma mulher. Os múltiplos traços de Matilde, seu “olhar em pingue-pongue”, suas corridas a cavalo ou na praia, suas danças, seus vestidos espalhafatosos, ao mesmo tempo que determinam a paixão do marido e impregnam indelevelmente sua lembrança, ocasionam a infelicidade de ambos. Os preconceitos e o ciúme doentio do homem barram a realização plena da mulher e levam-na a um triste fim, que, por não ter nem a certeza nem a teatralidade dos desfechos de uma Emma Bovary ou de uma Ana Karênina, tem a pungência de um desastre. Embora vista de forma indireta e em breves flashes, Matilde se torna, também para o leitor, inesquecível.
O fato de nem no fim da vida o homem compreender e aceitar o que aconteceu torna seu drama ainda mais lamentável. Os enganos ocasionados por seu ciúme são tragicômicos, e o escritor os expõe com uma acuidade psicológica que podemos, sem exagero, qualificar de proustiana.
Outras figuras, fixadas a partir de mínimos traços, também se sustentam como personagens consistentes: o arrogante engenheiro francês Dubosc, que a tudo reage com um “merde alors”; a mãe do narrador, que, de tão reprimida e repressora, “toca” piano sem emitir nenhum som; a namorada do garotão com seus piercings e gírias. É espantoso como tantas personagens conseguem vida própria em tão pouco espaço textual. Leite derramado é obra de um escritor em plena posse de seu talento e de sua linguagem.



Escrito por Colaboradores do Blog às 18h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O rei capixaba completou 50 anos de carreira

Ontem á noite no Espirito Santo Roberto Carlos cantou para 12 mil pessos na cidade de Cachoeiro do itapemerim sua cidade natal comemorando 50 anos de carreira.



Escrito por Colaboradores do Blog às 07h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




EXAMINE UMA VEZ POR ANO SUA TIREOIDE

A tireóide é uma glândula que se localiza no pescoço e que tem como função regular praticamente todo o metabolismo do corpo humano. Na figura ao lado podemos visualizar a tireóide que é formada por um Lobo Direito, um Lobo Esquerdo e uma zona central chamada de Istmo.Existem inúmeras doenças que podem acometer a tireóide, e aproximadamente 5 % da população apresentam algum tipo de sintoma. É interessante observar que as moléstias da tireóide são muito mais frequentes em mulheres do que em homens.



Escrito por Colaboradores do Blog às 06h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Resultado final do histopatologico

Fica pronto o histopatologico em parafina dia 27 proximo . Há uma grande expectativa por parte de todos , inclusive do oncologista que  tambem dê  um resultado negativo para neoplasia maligna , entretanto LC sabe que em alguns casos a parafina sai diferente do congelamento pois é um exame mais completo,  mas está confiante que o tumor retirado seja mesmo um tumor coloidal. Atenção : não era bócio como foi veinculado anteriormente pois não havia aumento volumetrico da glandula , na verdade a glandula estava de tamanho normal com tres nódulos sendo o maior medindo 3,5 cm no lobo esquerdo, o que indicou a retirada total da tireoide.



Escrito por Colaboradores do Blog às 06h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Noticias de LC

Devido a manipulação da região da laringe nesse tipo de intervenção cirurgica, é natural e previsto uma alteração na voz por um pequeno periodo que será acompanhado por fonoadiologo. O repouso na voz é fundamental. Hoje LC volta ao laboratorio para complementar exames de rotina e vai ao hospital trocar o curativo. A reposição hormonal já começou ontem com levotiroxina sodica e lactogliconato de calcio. Demora um certo tempo saber a dosagem correta do seu organismo por isso há necessidade de se dosar os niveis sanguineos desses medicamentos para LC ficar em eutiroidismo . Doses elevadas levam ao hipertireoidismo , doses baixas ao hipotieoidismo. Fora isso a recuperação está dentro do previsto e a dieta continua líquida.



Escrito por Colaboradores do Blog às 06h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Atenção

Dvido uma consequencia natural desse tipo de cirurgia LC foi orientado a evitar falar por 24 horas pois estava ficando muito rouco .Esperamos que todos comprendam por isso seu celular encontra-se desligado .Suas noticias estão sedo dadas 2 x ao dia no seu Blog ( pinguim leopardo )



Escrito por Colaboradores do Blog às 12h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Atenção

Dvido uma consequencia natural desse tipo de cirurgia LC foi orientado a evitar falar por 24 horas pois estava ficando muito rouco .Esperamos que todos comprendam por isso seu celular encontra-se desligado .Suas noticias estão sedo dadas 2 x ao dia no seu Blog ( pinguim leopardo )



Escrito por Colaboradores do Blog às 12h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Atenção

Dvido uma consequencia natural desse tipo de cirurgia LC foi orientado a evitar falar por 24 horas pois estava ficando muito rouco .Esperamos que todos comprendam por isso seu celular encontra-se desligado .Suas noticias estão sedo dadas 2 x ao dia no seu Blog ( pinguim leopardo )



Escrito por Colaboradores do Blog às 12h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Programe-se ( imperdível )

Acaba de chegar da Espanha e Austria o maestro Gladson Carvalho onde foi reger varias orquestras . Comemorando sua volta ao Brasil e ao Ceará no dia 26 de abril ( domingo ) ás 19 horas no Theatro José de Alencar com o patrocinio do Governo estadual e federal a Orquestra Filarmonica do Ceará apresentará  A FLAUTA MÁGICA DE MOZART.Na ocasião será lançado o livro Mozart e a maçonaria.



Escrito por Colaboradores do Blog às 04h45
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Nota de agradecimento e algumas explicações.

Nós que colaboramos há 2 e meio com o blog do Luiz César e hoje estamos aqui no Pinguim leopardo em nome do proprio LC e de seus amigos mais próximos e filhos para agradecer de publico o apoio , a força moral nestes dias de tamanha expectativa, a dedicação e carinho dos profissonais que cuidaram de LC em São Paulo . Não foi diferente aqui quando LC decidiu operar-se em sua terra natal e escolheu um dos melhores oncologistas de cabeça e pescoço que temos o Dr.Albano Ferreira e sua equipe da São Carlos e do Hospital do Cancer. LC nestes 10 dias de tensão e expectativa em nenhum momento ficou só recebendo diariamente dezenas de telefonemas , e-mails , visitas e apoio moral , todos confiantes no sucesso da cirurgia que hoje completa 24 horas transcorrendo o pós operatorio como esperado . No momento LC encontra-se em sua casa  ( teia de aranha ) se recuperando , tomando as medicações necessarias em alimentação liquida e falando só o necessario para repouso da laringe já que foi disssecado os nervos laringeos. Hoje fará exames de rotina para saber os niveis séricos dos hormonios t3,t4 e pth com o intuito de dosar a medida certa das medicações que terá que tomar para o resto de sua vida. A discreta modificação em sua voz é uma consequencia normal nesse tipo de cirurgia total da tireoide mas que em breve voltará a normalidade segundo seu médico. Nós agradecemos o apoio que LC recebeu da camed como ex-funcionário de lá , a presença do médico e amigo Solon no ato cirurgico e o carinho de todos que estiveram no dia 17 e 18 no hospital desde o internamento até a alta com a presença de amigos que vieram do interior como Pedro Almino e a diretora da Meac Dra Zenilda Bruno . E ao carinho do maestro soberano Gladson direto de Viena. Ao Dr. Alan que trouxe a coleção de ouro de Henri Salvador em cd comprado na Fança mes passado e o busto de marmore de Hipócrates trazido da Grécia para fazzer parte das varias esculturas da coleção particular  de LC. Um agradecimento especial a turma do clube do uísque pelo apoio incondicional em todas as horas . Todos continuamos confiantes e esperamos um bom resultado dia 27 do histo patologico do tumor em parafina .

 

 

 

 

 

 

 



Escrito por Colaboradores do Blog às 04h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
    Categorias
      Todas as Categorias
      Citação
    Outros sites
      UOL - O melhor conteúdo
      BOL - E-mail grátis
      Jornal de Cuba
      CARTA CAPITAL
      Tudo aqui
      Jornal Tribuna da Imprensa
      Jornal O povo
      Blog do Emir
      Blog do Mino
      Blog do Alex Castro
      Blog do Franklin Martins
      Blog do Paulo Henrique
      Blog dos quadrinhos
      Blog do Zé Dirceu
      Blog do Noblat
       Blog de Dave Winer
      Blog do Pedro Almino
      BlogChatBrasil
    Votação
      Dê uma nota para meu blog



    O que é isto?